News details

Read the full story here

Assembléia Geral da Campanha Salarial

Assembléia Geral da Campanha Salarial

Dia 31 de outubro – às 18:30 hs

Campinas: Av Barão de Itapura, 2022, Guanabara

Osasco: Pça Joaquim dos Santos Ribeiro, 265, km 18

Vinhedo: Rua Ricardo Braghetto, 36, Centro

Após as rodadas de negociações nos dias 14, 21 e 28 de outubro, estará colocada a proposta dos patrões para o nosso Acordo Coletivo 2003/2004. Veja os detalhes no verso.
Como no Sindicato dos Químicos Unificados quem decide o que a direção deve ou não fazer são os(as) próprios(as) trabalhadores(as), esta assembléia é fundamental para que todos(as) os(as) companheiros(as) venham se informar, esclarecer dúvidas, ouvir a posição do sindicato e participar da decisão sobre os rumos de nossa Campanha Salarial/2003.

Compareça e traga mais companheiros(as)
Qual será agora o nosso caminho? Essa decisão é sua. Essa decisão é de toda a categoria. Convide mais companheiros(as) para que estejam presentes. Participe! Lembre-se: se você não estiver presente, outros irão tomar a decisão em seu lugar.
Até o dia 31, na assembléia.

Precisamos fazer muita pressão para garantir as reivindicações econômicas. Cláusulas sociais deverão ser renovadas

Reajuste de 20% para reposição da inflação e aumento real somente serão conquistados com muita luta

A conquista da reivindicação de um reajuste salarial de 20% irá exigir muita organização, mobilização e vontade de lutar de todos nós. Após duas rodadas de negociações entre a Fiesp – Federação das Indústrias do Estado de São Paulo e os sindicatos cutistas, a tendência é a de que as cláusulas sociais deverão ser todas renovadas na íntegra, sem qualquer perda, mas que haverá bastante dificuldade nas cláusulas econômicas. Estas englobam o reajuste salarial, o piso da categoria e a PLR – Participação nos Lucros e Resultados.

Todos na assembléia dia 31

Com este quadro nas negociações, temos que reforçar nossa mobilização para garantir o reajuste salarial nos índices que estamos reivindicando. Nas nas questões econômicas os patrões estão mais duros. Assim, também vamos ter que endurecer na luta.
Portanto, a assembléia do dia 31 é de muita importância. Nela, vamos juntos decidir nosso plano de ação para garantir as reivindicações econômicas e também se concordamos com a renovação das cláusulas sociais. Sua presença é muito importante. Afinal, em nosso sindicato quem decide o que a direção deve fazer são sempre os trabalhadores.

TESTE

Desenvolvido por Lógica Digital

© 2016 Químicos Unificados