News details

Read the full story here
acidente de trabalho

PROJETO FIT: Lucro para a Medley e demissão para você

 

magro (1)

 

Apropriar-se do discurso FIT (em forma) para arrancar mais lucros de seus trabalhadores é mais uma estratégia de marketing da Medley. Parece “legal”, “saudável”, “na moda”, ser FIT! A empresa quer fazer você acreditar que pode tudo… tudo o que ela precisar. Em benefício próprio, claro. Ela pode “enxugar” seu companheiro de trabalho mas exigir que a produção se mantenha. Pode “reduzir” seu horário de descanso. Descansar para quê? É preciso “malhar”, “ralar” “ser produtivo”. Esta é a mensagem que a multinacional passa o tempo todo com campanhas como esta. Ao final, quem sabe você também não será “enxugado” de seu posto de trabalho!?

Bom para quem?

Esse programa FIT da Medley Indústria Farmacêutica Ltda., em Campinas, é feito de forma radicalizada e já provocou 26 demissões nos dois últimos meses. Estas demissões, além dos problemas de quem é demitido, causa também redução de trabalhadores nas linhas de produção. Isso sobrecarrega os operadores e leva a doenças diversas, físicas e por estresse. Dois destes já sofreram infarto nas últimas semanas.

Intervalo mais curto

Para tirar mais tempo dos trabalhadores no intervalo das refeições/descanso, algumas diretorias estão liberando o uso do cartão de ponto. Ou seja, este avanço sobre o direito dos trabalhadores não fica registrado. A convenção coletiva do setor farmacêutico garante uma hora de intervalo.

Tempo para o banheiro

Chegamos ao absurdo de os trabalhadores terem o tempo de ir ao banheiro determinado pelos chefes. Estão estipulando 10 minutos, obviamente insuficientes, especialmente levando-se em conta a distância do local de trabalho. O curioso é que só os trabalhadores do chão de fábrica estão sujeitos à esta humilhação.

Não deu certo!

Já temos informações de que o tal projeto FIT não deu certo na unidade da Sanofi em Suzano e a empresa tem tido que reverter várias destas formas de exploração que têm cometido por aqui.

Não podemos acreditar que tenha trabalhador que defenda este projeto!!! Enganado, hoje ele fica ao lado da empresa e amanhã… novamente, vai sair “enxugado”!
Resista e faça valer seus direitos.

Veja esta matéria e ainda outros problemas específicos da Farmacêutica Medley no jornal abaixo:

Específico Medley_out17-frente

Específico Medley_out17-verso

POST COMMENT

TESTE

Desenvolvido por Lógica Digital

© 2016 Químicos Unificados