News details

Read the full story here
solvay2

Complexo Rhodia para por 5h

Os/as trabalhadores/as das empresas Bayer S.A, Air Liquide Brasil Ltda, Solvay-Rhodia, Basf e Tereftálicos Indústrias Químicas Ltda, todas localizadas no complexo Rhodia, realizaram nesta sexta (09/12) paralisação de 5h em protesto contra os patrões que ainda não fizeram a reposição da inflação (8,5% segundo o INPC – Índice Nacional de Preços ao Consumidor) na data base 1º de novembro.

A mobilização na porta das fábricas é a saída para arrancar dos patrões o reajuste integral, como já foi conquistado em mais de 100 empresas nas regiões de Campinas e Osasco, entre elas a Merial, que tem fábrica no complexo Rhodia.

 

solvay1

Solvay tem cifras bilionárias!

Os patrões não têm argumento para não aplicar o reajuste. Em levantamentos feitos pela assessoria econômica do Unificados, multinacionais como o grupo belga Solvay, por exemplo, têm total condição de atender a reivindicação dos/as trabalhadores/as. A multinacional  faturou no primeiro semestre deste ano 5,87 bilhões de euros, o que equivale a R$ 20,9 bilhões; O lucro líquido ficou na casa dos 415 milhões de euros, ou R$ 1,477 bilhões.
A previsão do grupo é fechar o caixa no ano acima do 650 milhões de euros, 30% de crescimento ano anterior.

Aqui no Brasil, o faturamento em 2015 cresceu em relação a 2014, chegando a R$ 3 bilhões , com investimentos na casa dos R$ 185 milhões. O grupo exportou 197 milhões de dólares. Em reportagem recente no jornal Valor Econômico, o presidente do grupo na América Latina afirmou que Solvay prevê expansão de até 10% das receitas no Brasil ao longo do ano que vem. Ou seja, dinheiro não é o problema dos patrões nesta campanha salarial.

 

 

 

 

 

 

POST COMMENT

TESTE

Desenvolvido por Lógica Digital

© 2016 Químicos Unificados