News details

Read the full story here
eldorado greve 2019_1

Trabalhadores em greve na Eldorado reivindicam pagamento dos salários

Os trabalhadores da Eldorado estão há 24 horas em greve.
Há tempos a empresa não realiza o pagamento dos salários em dia e descumpre as inúmeras tentativas de negociação feitas entre sindicato, trabalhadores e empresa, na tentativa de normalizar a situação.
Durante assembleias realizadas na sede da Eldorado, em Barueri, os trabalhadores manifestaram seu descontentamento diante dos sucessivos atrasos no pagamento e decidiram por aderir à greve por tempo indeterminado.
Mesmo com os pagamentos atrasados, os trabalhadores ainda sofrem pressão da empresa para que acumulem funções e produzam cada vez mais. Ou seja, a Eldorado não cumpre sua parte no contrato de trabalho, mas faz exigências, como se os trabalhadores fossem os culpados por sua crise e dificuldades financeira.

Situação na Eldorado só piora ao longo dos anos
O que a Eldorado vem demonstrando nos últimos anos é que o descumprimento da lei nessa questão dos pagamentos não representa mais um episódio isolado. A empresa parece ter adotado a política permanente do pagamento com atrasos (ou não pagamento). Não é por acaso que a direção do Sindicato, em nome dos trabalhadores, conforme deliberações em assembleias realizadas na porta da fábrica, entrou com vários processos coletivos na justiça, cobrando da Eldorado pagamento dos salários, 13º salário, férias, depósitos do FGTS, entre outros direitos, conforme previsto na lei.
O sindicato segue acompanhando de perto a situação na empresa e oferecendo suporte aos trabalhadores durante a greve.

eldorado greve 2019_2

POST COMMENT

TESTE

Desenvolvido por Lógica Digital

© 2016 Químicos Unificados