News details

Read the full story here
ASSEMBLEIA CEFOL 2110

21/10: Assembleia decisiva da Campanha Salarial do Setor Químico!

Neste domingo, 21/10, vamos analisar e decidir juntos um posicionamento em relação a proposta dos patrões do Setor Químico para a Campanha Salarial 2018. As assembleias serão realizadas às 10h nos Centros de Formação e Lazer (Cefol) de Campinas e de Osasco.

No dia 9 de outubro ocorreu a rodada de negociações da Campanha Salarial 2018, no Sindicato dos Químicos de São Paulo. A proposta apresentada pela patronal foi de reposição da inflação sobre os salários, de acordo com o índice do INPC que será divulgado no dia 7 de novembro, sem aumento real. Além da reposição da inflação, essa proposta mantém a maioria das cláusulas da Convenção Coletiva.

A patronal também colocou sobre a mesa duas propostas polêmicas que estão em pauta no Grupo de Trabalho da Reforma Trabalhista – formado por representantes da Fetquim/Fequimfar e dos patrões – mas que ainda estão em discussão e formatação:  banco de horas e a remuneração dos aprendizes.

As mudanças impostas pela Reforma Trabalhista atacam muitos direitos dos trabalhadores. Nossa Convenção é uma das melhores do país por garantir conquistas a mais em relação a CLT e é fruto de muitos anos de luta e mobilização.  É por esse motivo que as discussões a respeito das cláusulas da Convenção são de extrema importância e representam o foco dessa Campanha Salarial. As negociações caminham para manutenção da grande maioria das cláusulas, com vigência pelos próximos dois anos.

A pauta levantada pelos trabalhadores da categoria química em nosso Encontro de Base e apresentada aos patrões anteriormente solicitava reposição da inflação + 5% de aumento real.
Nessa pauta também foi incluída uma proposta para sustentação do sindicato, que delibera sobre uma contribuição para todos os membros da categoria.

O Sindicato convoca os/as trabalhadores/as das fábricas químicas de Campinas, Osasco e regiões para participar da assembleia e decidir sobre a proposta da patronal e sobre a contribuição para a sustentação do sindicato.

PROPOSTAS ECONÔMICAS DA PATRONAL:

– Reajuste pelo INPC de 1/11/17 a 31/10/18;
– Participação nos Lucros e Resultados (PLR) de R$ 1000 para empresas com até 49 funcionários;
– PLR no valor de R$ 1110,00 para empresas com mais de 50 funcionários;

 

Direitos a mais: Nossa Convenção Coletiva é uma das melhores do país!

AUXÍLIO CRECHE (CLÁUSULA 20ª)
Trabalhadoras químicas têm direito ao auxílio creche com duração de 24 meses a serem contado após o período de licença maternidade. Pela nossa convenção, as empresas devem manter local apropriado para guarda e vigilância dos filhos das trabalhadoras, no período de amamentação, ou conceder, caso seja opção da trabalhadora, um reembolso de despesas efetuadas para este fim. O valor corresponderá ao total das despesas havidas com a assistência de filho(a) registrado(a) ou legalmente adotado(a), até o limite máximo do salário normativo vigente no mês de competência do reembolso. Na lei não há previsão.

ADICIONAL NOTURNO 40% (CLÁUSULA 14ª)
Nossa convenção coletiva garante um acréscimo de 40% em relação à hora diurna, inclusive em turnos de revezamento, aos trabalhadores que cumprem jornada entre as 22h de um dia as 5h da manhã seguinte. Este percentual é maior que o previs