News details

Read the full story here

Rhodia: Trabalhadores param em “Dia de Protesto” hoje e fazem feriadão de quatro dias

Trabalhadores do chamado “condomínio Rhodia”, em Paulínia, decidiram em assembleia (fotos) realizada nesta madrugada (14/11) iniciar uma paralisação de 24 horas em “Dia de Protesto” pela intransigência da Rhodia Solvay Group e da Merial Saúde Animal Ltda. em negociar as reivindicações específicas na campanha salarial 2013. Assim, com o feriado da Proclamação da República de amanhã, eles retornam ao trabalho apenas na segunda-feira.

O “Dia de Protesto” é realizado pelos setores administrativos das seis empresas instaladas no “condomínio Rhodia” (Rhodia/Solvay, Merial, Bayer Brasil, Air Liquide Brasil, Momentive Química do Brasil Ltda. e Basf S.A.), mais o setor de produção da Merial e perto de 25 empresas terceiras, o que soma cerca de 1.100 trabalhadores parados. O condomínio tem aproximadamente 1.600 trabalhadores.

Reivindicações

Todos os trabalhadores do “condomínio Rhodia” reivindicam reajuste salarial maior do que os 7,5% proposto pela patronal para a convenção coletiva (LEIA ÍNTEGRA).

Na Rhodia/Solvay e na Merial há também a reivindicação de um abono de R$ 1.000,00, mais tíquete alimentação de R$ 250,00 (há empresas no local que fornecem valor até maior).

Trabalhador lê Jornal do Unificados, antes da assembleia na Rhodia
Trabalhador lê Jornal do Unificados, antes da assembleia na Rhodia

TESTE

Desenvolvido por Lógica Digital

© 2016 Químicos Unificados

Químicos Unificados

Veja todos

Fale conosco