News details

Read the full story here

Greve para produção na HidroAll, em Valinhos

Uma greve iniciada na manhã de hoje (21/10/09) paralisou totalmente a produção na HidroAll do Brasil Ltda., situada em Valinhos. A mobilização foi decidida em assembleia realizada pelos trabalhadores e motivada pela recusa da empresa em atender, ou até mesmo em negociar, as reivindicações específicas para a empresa além das gerais na campanha salarial que a categoria desenvolve.

Waldecir Ramos, dirigente do Unificados, em assembleia na HidroAll em 21/10/09

Waldecir Ramos, dirigente do Unificados,
em assembleia na HidroAll na manhã de hoje

O não

A pauta com os pedidos dos trabalhadores foi protocolada na HidroAll pela Regional de Vinhedo do Sindicato Químicos Unificados no dia 13 de outubro. Já no dia seguinte a empresa respondeu e afirmou que não atenderia a qualquer reivindicação específica, que cumpriria “somente o acordo coletivo” de campanha salarial.

A partir daí, cresceu nos trabalhadores a união e a disposição de luta, que culminou com a greve iniciada na madrugada de hoje.

As reivindicações

Estas são as reivindicações específicas dos trabalhadores para a HidroAll:

a)    Fim do constante assédio moral na empresa;

b)    Transporte fretado para os trabalhadores;

c)    Criação de plano de cargos e salários;

d)    Valor maior de Participação nos Lucros e Resultados (PLR); e

e)    Tíquete refeição desvinculado de justificativas de faltas.

Mais informações

Para informações atualizadas sobre a greve na HidroAll, favor ligar para (19) 7819.1570 com Waldecir ou (19) 7802.7237 com Norival, dirigentes do Unificados, ou (19) 7850.2972 com o assessor Renato Libânio, que estão na portaria da empresa acompanhando os trabalhadores.

A HidroAll do Brasil Ltda., fabrica produtos clorados e produtos químicos para a indústria de detergentes, saneamento básico, tratamento de águas, tratamento de efluentes etc e fica na rodovia  Visconde de Porto Seguro, 2760, Vila Pagano, em Valinhos/SP.

A campanha salarial dos químicos

A pauta de reivindicações foi entregue oficialmente à patronal em reunião realizada em 01 de outubro, na Fetquim, em São Paulo. Agora transcorre a fase de negociações entre empresas e sindicalistas, com a última prevista para 31 de outubro. Estas são as reivindicações gerais da categoria:

* Reajuste de 10% (reposição da inflação mais aumento real);

* Salário normativo (piso) de R$ 900,00;

* PLR de dois salários normativos;

* Redução da jornada de trabalho para 40 horas sem redução de salário; e

* Pessoas com deficiência: implantar um processo de qualificação profissional.

Saiba mais

CLIQUE AQUI para mais informações sobre a campanha salarial 2009, mais a história de todas as campanhas desde o ano de 2003. As informações mais recentes estão em Fique por Dentro >>> Saiba Mais na página inicial do site.

TESTE

Desenvolvido por Lógica Digital

© 2016 Químicos Unificados

Químicos Unificados

Veja todos

Fale conosco