News details

Read the full story here

Com conquistas, protesto com paralisação termina na JSP, em Campinas

Os aproximadamente 160 trabalhadores da JSP Brasil Indústria de Plásticos, em Campinas, em assembleia no final da tarde de hoje (10/12/13) aceitaram a proposta negociada com a empresa e deram fim à paralisação por protesto (foto acima), que teve início em 05 de dezembro.

A proposta trouxe avanços em relação à convenção coletiva (VEJA AQUI) da categoria, com vigência desde 01 de novembro, que é a data base.

Na tarde de hoje a JSP abriu negociações com a direção do Sindicato Quimicos Unificados. Da reunião saiu a seguinte proposta, que foi aceita pelos trabalhadores em assembleia e, em consequência, o retorno ao trabalho.

• 8% de reajuste salarial.

• Cesta básica de R$ 175,00.

• A partir do próximo dia 16 os trabalhadores passarão a ter uma hora de descanso/refeição, que era de apenas 30 minutos.

• Cálculo e pagamento desta diferença de 30 minutos a mais na jornada, que era praticada irregularmente há anos.

• As horas dos cinco dias com o protesto serão compensados com o trabalho em um sábado a ser definido.

A HISTÓRIA

Trabalhadores da JSP fazem protesto
por reivindicações, em Campinas

Empresa cede apenas reajuste na cesta básica e não nas principais


Os aproximadamente 160 trabalhadores da JSP Brasil Indústria de Plásticos, em Campinas, deram início na manhã de hoje (05/12) a um protesto pelo não atendimento por parte da empresa à pauta de reivindicações por eles aprovada e protocolada pelo Sindicato Químicos Unificados. O protesto foi aprovado em assembleia (foto acima) realizada na manhã de hoje.

As reivindicações

Estas são as reivindicações dos trabalhadores:

• Reajuste maior dos que o 7,5% da convenção coletiva da categoria.

• Cesta básica maior.

• Implantação de plano de cargos e salários.

• Fim do assédio moral.

A empresa fez pequeno reajuste somente na cesta básica e prometeu a instalação de plano de cargos e salários no decorrer de 2014. Esta proposta foi considerada insuficiente pelos trabalhadores, que decidiram pelo protesto.

TESTE

Desenvolvido por Lógica Digital

© 2016 Químicos Unificados

Químicos Unificados

Veja todos

Fale conosco