News details

Read the full story here

Rei Abrasivos melhora proposta e greve termina, em Vinhedo

Os trabalhadores da Rei Indústria e Comércio de Abrasivos Ltda, em Vinhedo, aprovaram na manhã de hoje (18/11) a proposta de 9% de reajuste salarial, sábados e domingos livres e avanços na participação nos lucros e resultados (PLR). O reajuste na convenção coletiva da categoria foi de 7,5%.

Com isso, em assembleia (foto acima), eles encerraram a greve iniciada no dia 12. Como resultado da negociação com o Unificados, os trabalhadores conquistaram também estabilidade por três meses e o não desconto dos dias parados.

Alcar Abrasivos negocia e chama PM para
Reprimir. Resultado: A greve continua firme!

A Alcar Abrasivos Ltda. se mantém irredutível. Entrou com pedido de dissídio coletivo e uma audiência de conciliação foi marcada para amanhã (19) às 13h30 no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 15ª Região, em Campinas. Os trabalhadores da Alcar estão em greve desde terça-feira passada (12).

Na manhã de hoje (18), os proprietários da empresa, que se localiza em Vinhedo, chamaram a Polícia Militar (PM) na tentativa de intimidar os trabalhadores em greve e forçá-los a entrar na fábrica. Oito PMs chegaram em três carros e duas motos e permaneceram em frente à empresa, praticamente sitiando-a. Os trabalhadores da Alcar não se intimidaram com a presença do efetivo policial e se mantiveram-se de braços cruzados do lado de fora da empresa, garantindo a greve e a paralisação total da produção da fábrica.

As reivindicações dos trabalhadores em greve são por reajuste salarial superior a 8% e PLR maior. Além disso, os trabalhadores exigem melhorias na cesta básica, a retirada de condicionantes para recebimento do bônus e da cesta e a implantação imediata do plano de cargos e salários na empresa.

TESTE

Desenvolvido por Lógica Digital

© 2016 Químicos Unificados

Químicos Unificados

Veja todos

Fale conosco