News details

Read the full story here

Trabalhadores da Alcar, em greve, garantem avanços na Justiça

Em greve há sete dias, desde 12 de novembro, os 140 trabalhadores da Alcar Abrasivos Ltda., em Vinhedo, garantiram avanços em audiência de conciliação realizada na tarde de hoje (19/11) no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), em Campinas. Ficou determinado que a empresa dê 9% de reajuste nos salários (7,5% foi o índice definido na convenção coletiva da categoria).

Os trabalhadores também conquistaram a participação nos lucros e resultados (PLR) de R$ 2.000,00, que será paga em parcela única também em fevereiro. Os dias parados não serão descontados, no entanto os trabalhadores deverão compensar metade deles em sábados alternados. Os trabalhadores também terão estabilidade nos empregos por 90 dias, contados a partir de 1° de novembro último.

Na foto acima, Vinícius Cascone, advogado do Unificados (de terno) e o dirigente sindical Bruno, da Regional Vinhedo, conversam na audiência com trabalhadores da Alcar. A foto foi editada para evitar a identificação dos trabalhadores.

Vitória da determinação

Está foi uma vitória da determinação dos trabalhadores da Alcar na luta em defesa de seus direitos e do Unificados. Desde o início da mobilização, a empresa se recusou a qualquer negociação e repeliu as tentativas nesse sentido propostas pelos trabalhadores e pelo sindicato.

Além disso, a Alcar tratou um caso de reivindicação trabalhista, totalmente previsto e garantido por lei, como se fosse um “caso de polícia”. Ela não se constrangeu em praticamente tornar-se sitiada pela Polícia Militar e seus carros e motos (foto abaixo), com o objetivo de intimidar os seus trabalhadores, que são aqueles que garantem a sua produção e os seus lucros, na dura jornada no dia a dia.

 

Polícia Militar, chamada pela própria Alcar contra seus trabalhadores, sitia a empresa
Polícia Militar, chamada pela própria Alcar contra seus trabalhadores, sitia a empresa

 

TESTE

Desenvolvido por Lógica Digital

© 2016 Químicos Unificados

Químicos Unificados

Veja todos

Fale conosco