News details

Read the full story here

De 15 a 17 de novembro: Seminário Nacional da Intersindical

Concepção e prática sindical; papel de uma central sindical nos dias atuais; qual o programa que deve orientar a ação sindical na defesa dos direitos dos trabalhadores; como construir uma central democrática, classista, independente e internacionalista?

Essas e outras questões serão objetos dos debates do Seminário Nacional da Intersindical, com representações de companheiras e companheiros de outras organizações, como o Movimento Avançando Sindical (MAS), Trabalhadores em Luta Socialista (TLS) e Frente de Oposição Socialista (FOS). Além dessas questões, o Seminário vai apontar os elementos fundamentais para constituição do estatuto da Intersindical que será aprovado em março de 2014.

O movimento sindical brasileiro passa por uma inusitada situação: unicidade imposta pelo Estado nos sindicatos de base e pluralismo na cúpula com diversas centrais sindicais criadas para abocanhar o imposto sindical. Essa situação impõe um desafio: como construir a unidade entre as classes trabalhadoras para lutar pelas reivindicações imediatas e históricas dos que vivem do trabalho?

Infelizmente, as centrais que estão registradas no Ministério do Trabalho carecem, cada uma a sua maneira, de autonomia e independência. O velho sindicalismo segue sendo aliado dos patrões. A maioria das grandes centrais também não tem independência diante do governo Federal. Mas não nos serve, tampouco, centrais que sejam correia de transmissão de partidos políticos. A autonomia e independência são princípios estratégicos dos quais os trabalhadores não podem abrir mão na construção e organizações de uma frente única.

Lutar pela mudança da política econômica, defender e ampliar direitos, impedir o avanço da precarização do trabalho e da terceirização, lutar contra as privatizações, o desmonte do Estado e dos serviços públicos seguem sendo tarefas fundamentais para os trabalhadores.

Para tanto, é preciso unificar o conjunto dos trabalhadores, do setor privado e público, do campo e da cidade, no trabalho formal ou informal, numa central de trabalhadores classista, democrática, combativa, plural e independente.  

Portanto, participe você também do Seminário. Discuta com os companheiros da diretoria do seu sindicato ou com o seu coletivo de oposição. Venha debater coletivamente a construção de uma central democrática, de luta e independente.

Texto: Intersindical (http://www.intersindical.inf.br/)

Data e local

O Seminário Nacional se realizará de 15 a 17 de novembro, no Cooperinca (Instituto Cajamar), na rodovia Anhanguera km 46, pista no sentido São Paulo/Jordanésia.

A chegada ao local está agendada para as 15 horas do dia 15, com início dos trabalhos às 16 horas.

Valores

De R$ 300,00 para representantes de entidades e de R$ 250,00 para representantes de oposições e minorias sindicais.

O valor da hospedagem inclui café da manhã (08h às 09h), almoço (12h às 13h), jantar (19h às 20h), além de café em pausas às 10h e às 16h, mais roupa de cama e banho.

Programação

15 de novembro (sexta-feira)

• 16h – Mesa de abertura. Saudações da Intersindical, MAS, TLS, FOS.  

• 17 às 19h – A relação entre conjuntura e o papel dos sindicatos numa perspectiva de esquerda.

• 19h – Jantar.

• 20h – Organização das mulheres: A importância de um coletivo para nossas políticas e lutas.

16 de novembro (sábado)

• 9h às 12h – Movimento sindical brasileiro: limites e contradições das centrais sindicais. Qual papel deve cumprir a Intersindical neste cenário?

• 12 às 13h – Almoço.

• 13h às 18h30 – Organização da Intersindical como central. Programa, concepção e prática sindical. Estatuto, funcionamento e instâncias.

• 16 horas – Pausa para café.

• 19h – Jantar.

• 20h – Momento de articulações de setoriais.

• Atividade cultural e confraternização.

17 de novembro (domingo)

• 9h – Plano de lutas

• 10 às 12h – Sistematização e encaminhamento dos debates.

• 12 às 13h – Almoço

• 13 às 15h – Organização para construção da central

Inscrições

Solicitar formulários pelos e-mails:

alexandre.maciel.silva@gmail.com

kakaquimi@gmail.com

gilmar.dejesuspereira@gmail.com

Mais informações

Alexandre: (11) 98637.4382

Kaká: (11) 97199.4803

Gilmar: (11) 95885.0915

Sede São Paulo: (11) 3101.7849

Mapas, rotas e imagens auxiliares

Veja no site da Intersindical: http://www.intersindical.inf.br/

TESTE

Desenvolvido por Lógica Digital

© 2016 Químicos Unificados

Químicos Unificados

Veja todos

Fale conosco