News details

Read the full story here
coronavirus

Devintex não informa afastamento de trabalhadores por Covid-19

A Devintex Cosméticos, empresa de Jandira fabricante da marca Salon Line, afastou seis trabalhadores com suspeita de COVID-19.

Mesmo tratando-se de informação importante e de interesse de todos os funcionários, a Devintex não informou os trabalhadores sobre o afastamento dos colegas, o que gerou um clima de insegurança e apreensão na fábrica.

O sindicato entregou notificação à empresa reivindicando mais transparência nas informações sobre os afastamentos, com o objetivo de proporcionar mais tranquilidade no ambiente de trabalho.

O sindicato também reivindica que a Devintex siga todas as recomendações das instituições de saúde para reduzir os riscos de transmissão do vírus como providenciar transporte seguro para os trabalhadores, disponibilizar álcool em gel, impedir a aglomeração na produção, vestiários e refeitórios, providenciar manutenção de distância segura entre os empregados entre outras medidas.

Horas extras
Conforme denúncias, os trabalhadores da Devintex estariam sendo pressionados para fazer hora extra. Ao invés de contratar mais pessoas, a empresa prefere economizar sobrecarregando os trabalhadores e pressionando para que eles façam hora extra.

Essa situação é condenável em tempos normais, mas durante uma pandemia é ainda mais grave, pois aumenta o tempo de permanência na fábrica e, consequentemente, aumenta os riscos de contaminação pelo novo coronavírus.

Hora extra é opcional, os trabalhadores não são obrigados a fazer e a empresa não pode exercer qualquer forma de intimidação para forçá-los.

POST COMMENT

TESTE

Desenvolvido por Lógica Digital

© 2016 Químicos Unificados