News details

Read the full story here
boletim-feed-5

A pandemia não acabou

Apesar de considerada menos letal, a variante ômicron do coronavírus fez a média móvel de mortes pela doença aumentar 566% no último mês, saltando de 98 para 653 óbitos diários na quarta-feira, 2. Por isso, o Sindicato Químicos Unificados alerta para que as trabalhadoras e trabalhadores se vacinem e mantenham o uso de máscaras e o distanciamento social. A pandemia não acabou.

Mesmo cerca de 70% da população brasileira já imunizada com duas doses ou a vacina de aplicação única, a alta taxa de transmissão da cepa tem aumentado as internações em leitos de enfermaria e UTI. A maioria dos quadros graves está concentrada em idosos, pessoas com comorbidades e não vacinados.

Além de enfrentar o vírus, o Brasil ainda teve que encarar o negacionismo e a negligência do governo Bolsonaro. Segundo especialistas, um governo que atua em favor do vírus e não do seu controle, já que no país há uma subnotificação de casos da doença devido à baixa disponibilidade de testes. E, pior, não há qualquer sinal de estabelecer uma política pública e universal de testagem do vírus.

Ou seja, vamos continuar sem saber exatamente como qual é a verdadeiro impacto da pandemia no Brasil. Porque não há testes, não há controle e não há governo que enfrente e tome medidas cabíveis para o combate ao vírus.

POST COMMENT

TESTE

Desenvolvido por Lógica Digital

© 2016 Químicos Unificados

Químicos Unificados

Veja todos

Fale conosco