News details

Read the full story here

Greve na Adere chega ao sexto dia

A intransigência da Adere Ltda., que se nega a abrir qualquer possibilidade de negociações, faz com que uma greve iniciada no dia 18 último na empresa chegue hoje (24/11) ao seu sexto dia e sem qualquer perspectiva de encaminhamento.

 	Protegidos do sol, trabalhadores da Adere trocam opiniões sobre a mobilização (17/11/09)

Protegidos do sol, trabalhadores da Adere trocam
opiniões sobre a mobilização (17/11/09)

De acordo com o decidido na assembleia do dia 06 de novembro nas regionais de Campinas, Osasco e Vinhedo, as trabalhadoras e trabalhadores da Adere fizeram uma mobilização por reivindicações específicas para a empresa. No dia 18, quando discutiam a questão em assembleia antes da entrada no trabalho, os sindicalistas foram agredidos por representantes da empresa. A partir daí, o que era um atraso pontual para pressionar por conquistas se transformou em greve por tempo indeterminado com paralisação total da produção.

As reivindicações

Estas são as reivindicações apresentadas pelos trabalhadores e protocoladas pelo Unificados na Adere:

a)    Reajuste salarial de 10% (destes, 5,7% de aumento real), contra os 6% proposto pela patronal para a categoria;

b)    Participação nos lucros e resultados (PLR) superior aos R$ 600,00, valor mínimo constante no acordo coletivo;

c)    Fim do agressivo assédio moral;

d)    Pagamento de adicional periculosidade;

e)    Cesta básica sem condicionantes; e

f)    Definição de claro e objetivo plano de cargos e salários.

 	Atrito entre sindicalistas e representantes da Adere na portaria da empresa (17/11/09)

Atrito entre sindicalistas e representantes da
Adere na portaria da empresa (17/11/09)


Mais informações

A Adere Ltda. está situada parque Santo Antonio, em Sumaré. Tem cerca de 100 trabalhadores e produz fitas adesivas, etiquetas e papéis autoadesivos para diversos fins e ramos industriais.

 	Na Adere, além de agressivo assédio moral, o intimidador assédio animal (17/11/09)

Na Adere, além de agressivo assédio moral,
o intimidador assédio animal (17/11/09)

Para atualizações sobre a greve telefonar para Valdir Souza no (19) 7850.1930 ou para Luis Cardoso no (19) 7819.7523 que estão na portaria da empresa junto aos trabalhadores em greve.

Na Stilex, em Vinhedo, aumento real

Após forte mobilização e pressão dos trabalhadores, a Stilex Abrasivos Ltda., em Vinhedo, negociou um reajuste salarial de 7%, o que significa 2,7% de aumento real e 1% além do estabelecido no acordo coletivo da categoria.

 	Trabalhadores da Stilex avaliam em assembleia a proposta da empresa, dia 17 de novembro

Trabalhadores da Stilex, em Vnhedo, avaliam em
assembleia a proposta da empresa, dia 17 de novembro

A participação nos lucros e resultados (PLR) ficou em R$ 850,00 – um aumento de 13,5% em relação ao valor do ano anterior e acima dos R$ 600,00 constantes no acordo coletivo. A cesta básica foi para R$ 80,00 – 33% de aumento no valor até então vigente.

TESTE

Desenvolvido por Lógica Digital

© 2016 Químicos Unificados

Químicos Unificados

Veja todos

Fale conosco