News details

Read the full story here
basta

28/04: Dia Internacional em Memória às Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho

O Dia 28 de abril é a data Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho. O Sindicato Químicos Unificados participa de atividades que destacam a importância de combater este problema infelizmente ainda muito comum no Brasil.

O país ocupa o quarto lugar no ranking mundial de acidentes. A cada 48 segundos acontece um acidente de trabalho e a cada 3h38 um trabalhador perde a vida durante sua jornada de trabalho. Segundo dados do Anuário Estatístico de Acidentes de Trabalho, em 2017 o Estado de São Paulo contabilizou 187.700 acidentes.

Deste total, 2.457 ocorreram com trabalhadores/as do Ramo Químico. Entre as empresas que mais contabilizaram acidentes – dentro do ramo químico – estão as do setor de cosméticos, com 463 acidentes. O número se manteve alto nos anos anteriores: 466, em 2015 e 453, em 2016.

Comparação

A área com maior índice de acidentes é a de atendimento hospitalar, com 18.818 ocorrências. Trabalhadores do setor varejista, supermercados e hipermercados também estão bastante vulneráveis a acidentes. Segundo o Anuário, foram 7.926 acidentes ocorridos. O setor de administração pública também se destaca com 7.090 acidentes registrados. Em 2017 foram contabilizados 4.257 acidentes com trabalhadores de transporte de cargas.

Seminário em São Paulo
No dia 26 de abril, dirigentes do Unificados participam do Seminário sobre Acidentes Maiores e Agrotóxicos, no Sindicato dos Químicos de São Paulo, das 9h às 17h. A atividade é organizada pela Secretaria de Saúde e Condições de Trabalho da Fetquim e o Sindicato dos Químicos de São Paulo. O secretário de Saúde do Unificados e da Fetquim, André Alves, coordenará a mesa que tratará dos crimes: SAMARCO/Mariana, VALE/Brumadinho e Shell-Basf/Paulínia, discutindo os efeitos maléficos destas empresas sobre os trabalhadores, população e meio ambiente.
A atividade contará também com uma manifestação em memória da luta mundial contra as mortes e acidentes no mundo, destacada anualmente pela Organização Internacional do Trabalho (OIT). Confira a programação completa!

Hortolândia
Na segunda-feira, 29/04, a dirigente do sindicato Químicos Unificados Regional Campinas Gloria Nozella participará de um debate pelo Dia Internacional em Memória às Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho no auditório do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Estado de São Paulo, na cidade de Hortolândia. A programação foi organizadas pela Fundacentro / Instituto Federal.

 

28 de abril

Sobre o 28 de abril
O dia 28 de abril foi escolhido por rememorar a morte de 78 trabalhadores mortos no Estado da Virgínia após um gravíssimo acidente em 1969. A OIT comemora esta data desde 2003, e desde maio de 2005, foi instituído por Lei no Brasil como dia Nacional de luta contra os acidentes do Trabalho (Lei 11.121).

Além da participação em eventos, o Unificados dá continuidade ao permanente trabalho de prevenção para que os/as trabalhadores/as não sejam vítimas de doenças ocupacionais e acidentes de trabalho. O desafio é imenso, uma vez que as mudanças feitas na legislação trabalhista contribuem significativamente para uma piora neste já preocupante quadro. A alta rotatividade, liberação das terceirizações sem restrição, criação de postos de trabalho precários favorecem o adoecimento e os acidentes.

POST COMMENT

TESTE

Desenvolvido por Lógica Digital

© 2016 Químicos Unificados