News details

Read the full story here
força do sindicato

Sindicato consegue reintegração de demitida na Farmaplast

A trabalhadora Adriana da Cruz Silva, da Farmaplast, foi demitida no mês de abril.
A empresa, localizada em Cotia, realizou as demissões alegando dificuldades financeiras, não respeitando o fato da trabalhadora ter sido eleita para a Cipa e contar com estabilidade.
A lei estabelece que integrantes da CIPA têm estabilidade no emprego, desde o registro da candidatura até um ano após o final de seu mandato. Isso acontece para que o cipeiro tenha liberdade de apontar os riscos para a saúde e segurança dentro da fábrica, sem medo de represálias dos patrões.

Jurídico entrou em ação
A trabalhadora demitida procurou o jurídico do sindicato, que entrou com ação solicitando a reintegração. Em audiência on line, o juíz determinou que a trabalhadora fosse reintegrada à empresa e reassumisse suas funções.
Esse tipo de situação é um claro exemplo de comportamento abusivo por parte das empresas e a atuação do sindicato faz toda a diferença na hora de defender os interesses dos trabalhadores.
O sindicato realiza um constante trabalho de apurar denúncias, conversar com os trabalhadores na porta da fábrica e disponibilizar canais de comunicação, pois entende que para atuar de maneira eficiente junto à classe trabalhadora, é necessário saber o que acontece e permanecer na linha de frente
Seja sindicalizado, apoie e participe das ações do sindicato, pois somente com organização e união é possível proteger a classe trabalhadora e lutar pela manutenção de seus direitos.

POST COMMENT

TESTE

Desenvolvido por Lógica Digital

© 2016 Químicos Unificados