News details

Read the full story here

Negociação na Fiesp e assembléias na porta da fábrica a todo vapor

Assembléia na porta da EMS, em Hortolândia, em 21 de outubro

Patrões apresentam contra-proposta no próximo dia 29

As negociações entre os sindicatos e a patronal em relação a nossa Campanha Salarial 2004 estão se desenvolvendo na Fiesp – Federação das Indústrias do Estado de São Paulo, em São Paulo, no período de 18 de outubro a 29 de outubro.

Mulheres sindicalistas presentes na negociação com a Fiesp do último dia 26, que discutiu questões de gênero

Até o momento estão sendo discutidas as chamadas cláusulas sociais. As cláusulas econômicas serão abordadas no dia 29, quando então a patronal irá dar sua resposta a nossa reivindicação de reajuste de 17,26% e, possivelmente, fazer sua contra-proposta.

O Sindicato Químicos Unificados está diariamente fazendo assembléias nas portas das fábricas nas cidades de sua base territorial: Campinas, Osasco, Vinhedo e regiões. A companheirada está parando, participando ativamente e dando demonstrações de que está disposta a conquistar suas reivindicações. E essa postura é muito boa e também necessária, pois, se na Fiesp os patrões estão endurecendo nas negociações, no chão das fábricas nós trabalhadores também vamos dando o nosso recado de que exigimos o que é nosso, de fato e de direito, pois é inegável que a produção e o lucro das empresas estão crescendo.

Para avaliarmos a contra-proposta patronal e decidirmos nossos caminhos em nossa Campanha Salarial 2004 estamos convocando uma assembléia para o dia 12 de novembro (sexta-feira), com início às 18 horas, nas sedes de Campinas, Osasco e Vinhedo. Nós próximos dias estaremos divulgando maiores detalhes sobre as negociações na Fiesp e a convocação da assembléia.

TESTE

Desenvolvido por Lógica Digital

© 2016 Químicos Unificados

Químicos Unificados

Veja todos

Fale conosco