News details

Read the full story here
leve prisma

Realizamos um protesto na porta da empresa Prisma, em Sumaré, no dia 29/04. Um grave acidente causou a morte dos trabalhadores Thiago Albino Benedicto e Maicon Roberto João no início do mês. O Unificados solicitou fiscalização à Delegacia Regional do Trabalho pois a empresa obstruiu a o acesso do sindicato ao local no dia do acidente. Também foi constatado que a empresa n]ao tinha Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa).

Apesar da empresa ter sido interditada pela Defesa Civil e Agência Nacional do Peróleo (ANP), ontem (29/04), um grupo de 25 trabalhadores chegou para trabalhar. Caminhões também estavam posicionados na porta da fábrica. Esta situação chamou a atenção do sindicato, pois no entendimento dos dirigentes sindicais não há garantias de que a vida dos/as trabalhadores/as da Prisma está fora de risco.

O Sindicato cobra transparência e abertura de diálogo com a empresa para apurar a real situação dentro da fábrica e, assim, poder encaminhar medidas para que a saúde e segurança dos/as trabalhadores/as sejam resguardadas.

POST COMMENT

TESTE

Desenvolvido por Lógica Digital

© 2016 Químicos Unificados