News details

Read the full story here
megafone quim

Sindicato protege os direitos dos trabalhadores

Sindicato vai à luta e garante para seus associados o emprego e a renda da maioria dos trabalhadores. Mesmo com a Medida Provisória 936, que permite as empresas suspenderem ou reduzirem os salários, os dirigentes dos Químicos Unificados só assinam acordos coletivos que protegem os direitos, a vida e o salário da classe trabalhadora.

Na 3M do Brasil, em Sumaré, nenhum trabalhador terá redução de salário e, nas empresas The Lycra Company (ex- Invista), em Paulínia, e SurTec, em Valinhos, todos os trabalhadores que recebem até R$ 5 mil receberão seus salários integralmente, sem qualquer prejuízo na renda.

O mais recente acordo coletivo assinado foi com a 3M do Brasil, que garantiu a renda de todos trabalhadores. Além do pagamento pelo governo da proporção de 70% do seguro-desemprego, que varia de R$ 1.045 a R$ 1.813,03, a empresa pagará 30% referente ao salário dos trabalhadores e uma ajuda compensatória mensal. Desta forma, nenhum trabalhador que aderir a esse acordo terá impacto em sua renda mensal.

Os trabalhadores receberão ainda de forma integral as férias e o 13º, e os que tiverem os contratos de trabalho suspensos terão a estabilidade no emprego pelo prazo da redução da jornada de trabalho e de salário e/ou suspensão do contrato de trabalho e, por igual período, após o término do prazo de redução salarial e de jornada e/ou suspensão do contrato.

POST COMMENT

TESTE

Desenvolvido por Lógica Digital

© 2016 Químicos Unificados